September 28, 2015 § Leave a comment

Maura 3

as meninas sangrentas, acordam do nada,
escancaram as bocas no fecho dos olhos,
as línguas ásperas, trémulas da noite,
viajadas e lambidas de espaço,
açoites e mãos de prata

ainda enroladas no pano,
e já na porta,
e já na rua,
e já despidas no descampado,
automáticas

os olhos ainda húmidos de luas,
as línguas ainda ácidas de limas,
os dentes rilhados de lâminas no arado

o morno ainda no pano,
a pele ainda suada, e já elas de peito solto,
glúteos

tremem, tremem e escavam, escavam,
escavam, escavam e gritam e cospem
ais de cutículas e unhas e cabelos,
caranguejos de armaduras e espadas

mais fundo, mais fundo, gritam
as ondas nas costas, chicotes de algas e água,
os peixes os búzios e os lábios

mais fundo, mais fundo
que a ferida, que a pele, que a cova,
até aparecer um deserto, milhafres e astros

mais longe, mais longe que o vento,
mais fundo que os olhos, que as mãos,
mais fundo que o fundo

mais joelhos de ondas e tíbias de areia
e sangue

mais fundo que a medula, que o nada

têm em casa um peitoril de jarras

depressa, depressa, que tarda
caçar, esventrar a presa, trucidar o bicho,
o embrião do medo mal hibernado,
casulos na raiz dos cardos

têm em casa um peitoril de jarras
e nichos enfileirados

é lá que vão afogá-los

se abrirem os olhos na noite
à procura de estrelas e eles lá,
velozes, parados,
relembrarão na remela os espinhos
de acordar mais cedo
afogadas no formol das veias

e chupa-chupas de ossos espumados,
da baba dos deuses nas dunas,
dos fantasmas contorcidos
na areia, a estuprar o mundo na retina

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

What’s this?

You are currently reading at Lector.

meta

%d bloggers like this: