quod

July 28, 2016 § Leave a comment

Silent-evolution _ Jason deCaires Taylor

Silent-evolution _ Jason deCaires Taylor

trouxe do mar as tuas lágrimas
e agora são cardumes dentro dos teus olhos
a fazer as marés
e as tuas mãos de estrelas a explodir doiradas
as minhas festas de algas e bichos
nos teus cabelos profundos que hoje penteei longamente
no tempo das ondas e das laminárias
fora do tempo dos teus gestos

talvez isto queira dizer que está tudo certo

e

está tudo certo

e o mundo é equilibrado mesmo triste

e a espuma nada mais que uma nuvem pousada no teu lábio lacrimoso

vem um peixe e come-a
e uma onda na borda da gruta que as tuas mãos apanha

é o deus ao sabor das águas e das marés

hoje não trouxe pedras comigo para não mexer na casa

não mexi

e os peixes na correnteza certa

e a tua boca esfaimada o teu destino

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

What’s this?

You are currently reading quod at Lector.

meta

%d bloggers like this: